Animais de estimação e gravidez: quais os perigos?

Você sabe qual a relação dos animais de estimação e gravidez? Algumas pesquisas que indicam a maior parte das mulheres grávidas possuem animais de estimação.

Mas existem dúvida entre a relação dos animais de estimação e gravidez, como por exemplo: o convívio das grávidas com os animais de estimação podem ajudar a manter a imunidade dessas mulheres? Continue lendo e descubra! 

Animais de estimação e gravidez
Animais de estimação e gravidez

Outros estudos científicos apontam que a relação entre gravidez e animais de estimação é benéfica para as futuras mamães. Isso acontece porque ao conviver com animais de estimação durante todo o período da gestação, essa mamãe costuma relizar mais atividades físicas durante a gravidez e aumentar seu gasto enérgico. 

A relação da atividade física e a gravidez está relacionada principalmente aos cachorros. Sabemos que cães exigem mais atividades e interatividade durante o dia, são animais que também sugerem passeios diários, isso acaba interferindo na rotina dessas mulheres grávidas. E ajudam principalmente na redução de peso durante o período gestacional

Animais de estimação e gravidez

A mulher não precisa abandonar o animal durante a gestação, afinal esse pet já está acostumado com a rotina da casa e essa família. Sabia que os cuidados e saúde com os animais fazem toda a diferença para que essa grávida também tenha um bom convívio com o animal. Veja:  

Limpeza

Um dos principais cuidados com os animais de estimação e grávidas é a limpeza, principalmente para recolher fezes e limpar a urina desse animal.

Recomendamos que a gestantes evite contato e higiene dos animais, mas caso isso não seja possível, ou seja não tenha outra pessoa para realizar a limpeza, a gestante deve utilizar luvas nas mãos e higieniza-las muito bem. 

Pode brincar com animais de estimação na gravidez?  

Sim, pode brincar com animais de estimação na gravidez. Mas as brincadeiras do animal não podem machucar a grávida. Cuidado com cachorros de porte grande e médios, eles costumar empurrar a barriga com as patas e realizar brincadeiras que podem machucar as futuras mamães.  

Outro cuidado para as mulheres é na volta da maternidade, sabia que quando um cão passa muito tempo sem ver os donos tendem a correr para eles e realizar brincadeiras que podem machucar? Sim.

O cão também pode querer cheirar o bebê, por isso tome cuidado com seu filho (a) após o parto. Sabemos que a intenção do pet não é machucar, mas apenas conhecer esse novo membro da família. Então tome todo cuidado possível okay? 

Gatos e ratos 

Um dos cuidados durante o pré natal para as donas de pets são com os exames de sangue, a toxoplasmose pode aparecer e surpreender algumas gestantes.

Esse exame é solicitado pelo médico para algumas mamães que possuem contato com fezes, xixi de gatos e ratos. Sabia que essas gestantes estão propensas a pegar a toxoplasmose? Por isso, a intenção é que elas não mantenham os cuidados desses animais e evitem os ambientes onde eles fizeram os dejetos e as fezes. 

Doenças adquiridas  

A presença do animal de estimação não faz com que a pessoa tenha doença, principalmente que ela contraía a toxoplasmose, sabemos que o principal risco para as gestantes e animais é contrair a toxoplasmose. Pois ela é transmitida principalmente pelas fezes de animais como gatos e roedores.

Mas também existem outras formas de contaminação para toxoplasmose, como por exemplo: carne mal feita ou mal cozida. O risco da toxoplasmose é grande para as gestantes, pois a doença pode afetar o bebê ainda na barriga, existem casos que os bebês infectados pela toxoplasmose nasceram com: 

  • Hidrocefalia 
  • Catarata 
  • Má-formação Congênita 

Algumas mulheres acabam nem percebendo ou não apresentando sintomas da toxoplasmose na gravidez. Por isso, é importante a gestante estar em dia com o pré-natal e exames de rotina durante a gravidez.  

Perigo dos hamsters 

Os hamsters são um perigo para gestantes, isso porque elas devem evitar a limpeza da gaiola durante a gravidez.

O vírus Lymphocytic choriomeningitis está presente na urina desse animal e também é responsável pelas doenças nos bebês durante a gestação. Principalmente a mal formação congênita. 

Não é necessário que a mulher grávida se livre ou abandone os animais de estimação, mas que apenas redobre os cuidados e não faça a higiene desses animais.  

Comentários estão fechados.

Esse website utiliza cookies para melhorar a experiência da sua visita oferecendo conteúdo e propagandas personalizadas, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceito